Inúmeras evidencias apontam para a importância da amamentação exclusiva sob livre demanda , nos primeiros seis meses de vida , da alimentação complementar segura e nutricionalmente adequada , após os seis meses e da manutenção do aleitamento materno até dois anos ou mais.

A amamentação oferecida por qualquer período , funciona como fator determinante para diminuição de adoecimentos .

Como o leite materno promove essa proteção ? O bebê nasce com os anticorpos (imunoglobulinas)  que recebeu da mãe através da placenta e logo após o nascimento, através da amamentação. Essa taxa de anticorpos naturalmente diminuiu, chegando a um valor mínimo próximo ao primeiro mês de vida. A partir deste período , o bebê inicia sua produção própria. Vemos então , na tabela , que as doenças enumeradas  tem seu risco diminuído com pelo menos  3 meses de leite materno exclusivo .

No Brasil temos um quadro de aleitamento muito triste.
A mediana de aleitamento materno no Brasil, segundo o Programa Nacional de Desenvolvimento Social (PNDS) ,  é de 2,17 meses de aleitamento materno exclusivo.
Outro dado de nossa realidade é o ingresso muito precoce das crianças nos hábitos alimentares das família o que desmotiva  a pratica da amamentação.

Patologia% diminuida de riscoTempo de amamentação exclusiva
Otite média50%> 3 a 6 meses
Otite de repetição77%> 6 meses
Infecção respiratória alta63%> 6 meses
Infecção respiratória baixa72%>  ou = 4 meses
Asma 40%> 3 meses
Obesidade24%Qualquer tempo
Gastroenterite74%Qualquer tempo
Doença celiaca52%>  2 meses
Doença inflamatória intestinal31%Qualquer Tempo
Bronquiolite 24%> 6 meses 

Receba minhas dicas de saúde

Deixe seu email para receber as novidades do meu blog

You have Successfully Subscribed!